Ms. Carminha: Os benefícios da Justificação – IPV10

Neste IECH pra Viagem ouça a mensagem compartilhada pela missionária Carminha com base em Romanos 5: 1-11 e descubra os seis benefícios da justificação: a paz, o acesso à graça de Deus, a Esperança, o caráter cristão, o amor de Deus e a salvação.


Artigo 23 – A relação dos filhos com o Pai

Artigo 23: “O Altíssimo Deus atende as orações que, com fé, em nome de Jesus, o único Mediador – entre Deus e os homens. Lhe são apresentadas pelos crentes, aceita os seus louvores e reconhece como feito a Ele, todo o bem feito aos Seus“.


Lc Handerson: O verdadeiro mensageiro, a verdadeira mensagem e o que fazer após ouví-la – IPV9

No IECH pra viagem de hoje vamos aprender sobre o verdadeiro mensageiro, a verdadeira mensagem e o que fazer quando se é alcançado por essa mensagem a partir do exemplo de João batista.


Pr Rogério: O óbvio e o surpreendente de Jesus – IPV8

Será que o surpreendente e o óbvio podem coexistir? Você quer viver o sobrenatural na sua vida? Está disposto a enfrentar a mudança? No IECH pra Viagem de hoje, o pastor Rogério ensina, a partir de Marcos 10: 46-52, como podemos experimentar a mudança de Jesus em nossas vidas.


Artigo 22 – Sacerdócio dos crentes e o governo da igreja

Artigo 22: “Todos os crentes sinceros são sacerdotes para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus, por Jesus Cristo, que é o Mestre, Pontífice e único Cabeça da sua igreja. Mas como Governador da Sua Casa estabeleceu nela diversos cargos como de Pastor, Diácono e Evangelista. Para eles escolhe e habilita, com talentos próprios, aos que Ele quer para cumprirem os deveres destes ofícios, e quando existem, devem ser reconhecidos pela igreja como preparados e dados por Deus”.


Artigo 21 – A obediência dos crentes

Artigo 21: “Ainda que os salvos não obtenham a salvação pela obediência à lei senão pelos merecimentos de Jesus Cristo, recebem a lei e todos os preceitos de Deus como um meio pelo qual Ele lhes manifesta sua vontade sobre o procedimento dos remidos e guardamos tanto mais cuidadosa e gratamente por se adiarem salvos de graça”.


Artigo 20 – O crente e sua igreja

Artigo 20: “É de obrigação aos membros de uma igreja local reunirem-se para fazer orações e dar louvores a Deus, estudarem Suas palavras, celebrarem os ritos ordenados por Ele, valerem uns aos outros e promoverem o bem de todos irmãos, receberem entre si como membros aqueles que o pedem e que parecerem verdadeiramente
filhos de Deus pela fé, excluírem aqueles que depois mostram, pela desobediência aos preceitos do Salvador, que não são de Cristo, e procurarem o auxílio e proteção do Espírito Santo em todos os seus passos”.


Artigo 19 – A Igreja, o corpo de Cristo

Artigo 19: “A Igreja de Cristo no céu e na terra é uma só compõe-se de todos os sinceros crentes no Redentor,
os quais foram escolhidos por Deus, antes de haver mundo para serem chamados e convertidos – nesta vida, e
glorificados durante a eternidade.”


Pr Eleazar: Quem é o Deus todo poderoso a quem nós servimos? – IPV6

Quem é o Deus todo poderoso a quem você serve? Você já se perguntou isso? Será que a imagem que você faz de Deus é a mesma imagem que a bíblia apresenta dEle?


Artigo 18 – O poder de serviço e testemunho

Artigo 18: Aqueles que têm o Espirito de Cristo estão unidos com Cristo e, como membros do Seu corpo, recebem a capacidade de servi-lo. Usando desta capacidade procuram viver, e realmente vivem, para a glória de Deus seu Salvador.


Artigo 17 – O Espírito Santo e o crente

Artigo 17: O Espírito Santo continua a habitar e operar naqueles que faz nascer de Deus, esclarece-lhes a mente mais e mais com as verdades divinas, eleva e purifica-lhes as afeições, adiantando neles a semelhança de Jesus. Estas são evidências de que passaram da morte para a vida, e que são de Cristo.


Artigo 16 – Um só mediador

Artigo 16: Para os que morrem sem aproveitar-se desta salvação, não existe no porvir além da morte um raio de esperança. Deus não deparou remédio para os que, até o fim da vida neste mundo, perseveram nos seus pecados. Perdem-se. Jamais terão alívio.